O que você precisa saber sobre atividade e alimentação

O que você precisa saber sobre atividade e alimentação

O objetivo dessas dicas é simplesmente conscientizar as pessoas a fazer uma atividade fisica com responsabilidade e sabedoria.

Não esqueça: existem varias verdades, viva aquela verdade que condiz com aquilo que você acredita, que seja compatível com o sua personalidade e sua realidade.

DICAS SOBRE ATIVIDADES FISICAS:

  1. Procure fazer atividades fisicas para prevenir doenças .
  2. Faça uma avaliação física antes de começar.
  3. Comece devagar, sem pressa em obter resultados rápidos, não tente “compensar o tempo perdido” isso é utopia nosso corpo não funciona assim.
  4. Procure profissionais gabaritados, formados em Educação Física e credenciados pelo CREF (Conselho Regional de Educação Física), com consciência sobre sua profissão perante a sociedade.
  5. Tente saber seu batimento cardíaco máximo e sua zona de segurança de 60% a 80% BPM.
  6. Aprenda com exatidão a execução do movimento de cada exercício e seus nomes para que você seja independente dentro da academia, pois as vezes o professor pode estar muito ocupado com alunos iniciantes, logo, não poderá ficar o tempo todo a seu lado.Caso isso aconteça, e você tenha dúvidas procure o professor, não fique esperando ele vir até você.
  7. Leve sempre uma toalha de rosto e uma garrafinha de água.
  8. Procure sempre uma academia ou clube onde você se sinta bem, e tenha  vontade de voltar.
  9. Trabalhe sua motivação pessoal, não fique esperando motivação externa pois só assim você poderá agir com atitudes sensatas.
  10. Treine pelo menos 3x por semana, num horário que você sinta que tem mais disposição, respeitando     seu relógio biológico.
  11. Tente chamar um amigo ou amiga que tenha um alto astral para treinar com você ,é mais motivante.
  12. Conheça a sua genética, não coloque metas impossíveis de alcançar, tenha bom senso.
  13. Conheça o seu biótipo: Ectomorfo, Mesomorfo,Endomorfo.
  14. Use roupas confortáveis para malhar, e não para desfilar.
  15. Procure uma atividade que você se identifique.
  16. De preferência alterne exercícios aeróbios com anaeróbios.
  17. Se não estiver motivado para malhar, treine leve, mas não falte aos treinos pois primeiro você deve condicionar seu cérebro, para que após os primeiros 3 meses de treino, seu corpo sinta falta quando você não treina-lo.
  18. Não treine com gripe e sim descanse pois durante e após o treino você liberará endorfina que é um dos hormônios do prazer, logo você relaxa diminuindo o estresse,cansaço físico e psicológico;não quer dizer que a gripe saiu do seu corpo. Por isso que dizem por ai que quem malha é + feliz, e vive com + qualidade, comprovado cientificamente.
  19. Use calçados e materiais adequados para malhar.
  20. Durma: o sono é de fundamental importância pra sua recuperação muscular, potencializando seu ganho de massa proporcional ao seu corpo e ajudando no seu emagrecimento.

Dicas sobre alimentação:

1 – Siga uma dieta recomendada por um nutricionista.

2 – Alimente-se de acordo com suas possibilidades e não faça exageros nas dietas e exercícios.

3 –Coma de 6 a 8 pequenas refeições por dia comendo a cada 3 horas e malhe pelo menos de 40 a 60 minutos de 3 a 5x por semana.

4 – Não faça dietas malucas ou treinos “receita de bolo”, pois se existisse somente um tipo de treino ou dieta que funciona-se 100%, você não precisaria de professores gabaritados e nem fazer uma reeducação alimentar especifica pra você .

5 – Só tome suplementos indicados pelos nutricionistas ou médicos.Lembre-se suplemento não é anabolizante.

6 – Coma muitas fibras, tome muita água, coma alimentos que sejam naturais e que tenham proteinas e carboidratos na medida certa. Coma fibras antes dos pratos principais e não coma tomando excesso de líquidos.

7 – Coma pelo menos 1h antes do treino, não vá sem comer, você pode ter uma hipoglicemia. Se não converse com seu professor, veja o que ele indica e tente seguir.

8 – Ache estratégias para que você possa mudar sua alimentação e treinos, sem perder os nutrientes dos mesmos e não fique somente tentando diminuir sua ingestão calórica.

9 – Corte o excesso de carboidratos a noite, mas não fique sem comê-los; dê preferência a carboidratos de baixo índice glicêmico (diminui a produção de insulina saciando assim por mais tempo seu apetite), e de um modo geral priorize também alimentos termogênicos (alimentos que aceleram seu metabolismo potencializando assim sua queima de gordura), alimentos diuréticos (ajudam na diminuição da retenção liquida) diminuindo seu inchaço corporal.

10- Foque na perda de medida,lembre-se perder peso é relativo, a balança não diferencia o músculo da gordura e gordura do osso, pois osso também pesa (massa óssea), coma focando o ganho de massa proporcional ao seu corpo, assim você vai queimar mais gordura mesmo pós treino.

Lembre-se essas são apenas dicas básicas e simples , como sempre digo cada corpo é um mundo, logo cuide bem do seu mundo.