Emagrecer no inverno: o que fazer e como resistir às tentações?

Emagrecer no inverno: o que fazer e como resistir às tentações?

Todo ano é aquele mesmo drama: você faz um ótimo projeto verão, mas acaba ganhando alguns quilinhos a mais quando chega o frio. Afinal, como resistir às tentações da estação e emagrecer no inverno? Será que isso é possível.
Pensando nisso, nós criamos este post. Durante a leitura, você encontrará dicas muito bacanas sobre dietas e exercícios. Continue lendo até o fim e aproveite as nossas recomendações. Vamos lá?

Por que emagrecer no inverno é mais difícil?
Antes de tudo, é fundamental ressaltar que essa dificuldade não é apenas física. Ou seja, o corpo humano não tem, necessariamente, mais trabalho para perder peso na época mais fria do ano.

O que acontece é que temos uma maior tendência a armazenar gordura durante o inverno. Além disso, também é natural sentir um pouco mais de fome, já que precisamos de mais calorias para equilibrar a temperatura do corpo e a do ambiente. No entanto, isso não quer dizer que emagrecer se torna um processo mais difícil ou algo do gênero.

Na verdade, o perigo é mais cultural e social do que fisiológico. Afinal, quando está frio, muitas pessoas abrem mão da dieta — e, acredite, essa permissividade pouco tem a ver com a necessidade calórica.

Como resistir às tentações dessa estação?
O inverno é frequentemente relacionado a comer mais por causa dos pratos que são preparados quando o termômetro cai. Como negar um chocolate quente, um fondue, iguarias de festa junina e assim por diante?

É claro que essas “comidas de inverno”, apesar de deliciosas, não são muito saudáveis. Como se não bastasse, as baixas temperaturas são mais convidativas para ficar em casa, embaixo do cobertor, assistindo a sua série favorita, não é mesmo?

Isso colabora para refeições fora de hora, que são, muitas vezes, exageradas. Mais do que isso: surge a preguiça, a inimiga número um dos exercícios e a principal desculpa para não ir à academia.

Portanto, pode-se dizer que a falta de atividade física, somada às guloseimas do frio, são as grandes dificuldades de quem deseja emagrecer no inverno.

Para resistir às tentações, driblar a preguiça e chegar no verão com o shape que você deseja, é fundamental ter foco e entender que não é a temperatura que está atrapalhando você — mas sim a sua própria mentalidade, que está se aproveitando desse pretexto para relaxar e deixar a preocupação com a saúde de lado.

Como emagrecer no inverno?
Agora que você já entendeu quais são os perigos trazidos pela estação, é hora de conferir algumas dicas preciosas para ter um estilo de vida saudável mesmo no frio.

Cuide da hidratação
É mais comum beber uma maior quantidade de água quando está calor. Contudo, não deixe de se hidratar só porque está frio ou porque você está sentindo menos sede. A ingestão de água é essencial para o funcionamento do seu metabolismo — e saiba que ter a função metabólica dentro dos conformes é imprescindível para o emagrecimento, entre outros benefícios.

Acelere o metabolismo

Falando nisso, por que não acelerar seu metabolismo de forma saudável? Alguns alimentos, como gengibre a canela, contribuem demais nesse sentido. Dessa forma, seu corpo dificilmente ficará com aquela sensação de moleza tão comum no inverno e você ainda deixa seu corpo aquecido por mais tempo.

A melhor parte disso tudo é que seu corpo dará continuidade ao processo de emagrecimento mesmo quando você estiver em repouso.

Tenha uma dieta saudável
A recomendação pode até parecer genérica, mas não é menos relevante por isso. Em vez de fazer várias refeições com mussarela ou parmesão ao longo do dia, por que não trocá-los por queijo branco ou queijos sem gordura? Que tal substituir o arroz branco e as massas tradicionais por produtos integrais? Será que você precisa comer uma sobremesa após todas as refeições?

Ao contrário do que muita gente pensa, existem inúmeras receitas fit que são repletas de sabor e podem surpreender o seu paladar — é tudo uma questão de se reeducar e dar uma chance a esses alimentos mais saudáveis.

Inclua fibras naturais (frutas e verduras) e proteínas magras (peito de frango, peixe etc.) em sua rotina. Castanhas e grãos também são ótimas pedidas, porque ajudam a dar uma sensação de saciedade, excelente para evitar aquela fominha fora de hora.