Como encontrar motivação e equilíbrio para manter uma rotina de exercícios dentro de casa em tempos de coronavírus

Como encontrar motivação e equilíbrio para manter uma rotina de exercícios dentro de casa em tempos de coronavírus

A vontade de mudar de vida para melhorar a saúde está sempre entre as principais metas da maioria das pessoas. E agora com a pandemia do novo coronavírus, a situação ficou desafiadora. O problema é que, muitas vezes, se exercitar e cuidar da alimentação ficava em segundo plano, por conta da correria e dos obstáculos que enfrentamos no dia a dia — trânsito, trabalho, estresse, entre outros. No período de quarentena, porém, o desafio é fazer atividade física dentro de casa.

Para se ter uma ideia, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), quase metade da população brasileira (47%) não pratica o mínimo de exercícios para manter o corpo saudável. O recomendado pela instituição é cerca de 150 minutos por semana. Diante desse panorama, o país lidera o ranking de sedentarismo na América Latina e é o quinto mais sedentário do mundo.

Mesmo com esse cenário nada positivo, o mercado de atividade física segue em crescimento e, com o fechamento das academias de ginásticas, a população precisa encontrar formas de se exercitar em casa, com o apoio de videoaulas de profissionais disponíveis na internet